sábado, 15 de outubro de 2011

VULCÃO.

Sou um vulcão quieto
Mas não extinto.
Na espreita sempre
Sensível
Ao calor da terra.

Tela de Clemente Tafuri - (1903/1971)
Pintor Italiano.

Teresinha Oliveira.

2 comentários:

Andradarte disse...

Enquanto dorme...eu contemplo. Quando
acordar....onde estarei???...
Beijo

Maria disse...

Todos somos vulcões, alguns adormecidos, outros em franca actividade.
Bom domingo
Beijinhos
Maria