quarta-feira, 15 de agosto de 2012

O CARTEIRO.

Walter Dendy Sadler - (1854/1923)
Pintor Britânico.
 O carteiro caminhou por léguas.
Ruas velhas, ruas novas, ruas sem abscissas.
Por serem tantas que há pouco não havia 
Se perdeu nos graus sem medida
Do mundo quase caiu.

A carta fervia em suas mãos. 
Sua imaginação no perfume 
Na letra em fio de nanquim bordada  
Com finíssimas retas e curvas também fervia.

-Flor de Lis-

O vapor do sol pintou a imagem da moça bonita
De seios redondos com passarinho nos bicos 
Azul no olho e romã no hálito.

Um coração de poeta nasceu assim no peito do carteiro.
Quedou-se ele de amores pela flor desconhecida
Que apesar de tanto espanto jamais encontrou.

 Carl Spitzweg - (1818/1885)
Pintor Alemão.


Terê Oliva. 

Um comentário:

JasonJr. disse...

Lindo minha queridaaa!!! :D :D :D