quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

ARMADILHA


Tela de Mstilav Pavlov - (Nasc. 1967)
Pintor Russo Contemporâneo.


Bem disfarçada foi 
Com flores entrelaçadas aos gumes de aço
Fio de navalha, ponta de faca
Nem sagaz mulher perceberia.

Assim a armadilha enredou
O pé que nela se feriu em viva carne
Sem chance de escape, soltura
Calcanhar rachado no tranco da mola.

Nela não se conteve.
Porém, da exposta fratura 
Os ossos ninguém mais curou.
Em laços permanece aberta 
E o passo, ao redor oscila.

O amor, de cicatriz recortado
Sem pé nem cabeça, sem juízo
No motim dos desejos vagueia
Atrás de nova armadilha 
Pelos equívocos armada 
Irresistível prisão. 



Tela de Harold Matheus Brett - (1880/1955)
Pintor Americano.

Teresinha Machado de Oliveira.






Nenhum comentário: