terça-feira, 22 de novembro de 2011

COSMO E CAOS.

Quando cada um de nós
Com tempo para pensar o tempo
Se debruça na própria alma e calma
Sentindo a unidade pura que se é
No Universo de Deus
Parte integrante do cosmo e do caos
Sem ser por ser ínfimo
-Átomo de poeira estrelar-
Sendo por ser parte
Sem a qual o Todo não seria
Encara o grande mistério:
O paradoxo da própria existência.

Tela de Olga Suvorova - 1966
Óleo - (93x115 cm.)
Pintora Contemporânea Russa

Teresinha Oliveira.

Nenhum comentário: