quinta-feira, 28 de junho de 2012

QUEM SABE UM DIA...

Tela de Carl Larsson - (1853/1919)
Pintor Sueco.
O amor nunca perde o encanto
Ao seduzir os incautos.
Gira no seu carrossel de perfume 
Viciando em promessa 
Qualquer um que nele esbarre.
 Quando tropeça e cai na lama
Lava a si mesmo com sabão de flor e espera
Sempre espera...
Quem sabe um dia
Ele decifre o mistério cabal.

Tela de Alberto Pisa - (1864/1931)
Pintor Italiano.


Terê Oliva.

Nenhum comentário: