quarta-feira, 16 de março de 2011

MINHOCA ♥ Para Lyli e Nunu

Bicho encantador essa minhoca.  
Tão gorda e saudável que me assusta, quase cobra. 
Esquiva se arrasta, a fugir de qualquer luz. 
Tento, em vão, apresentar-me. 
Afinal , sou a dona do jardim 
Da terra cuidada, das flores e grama 
De toda pedrinha também. 
Mas ela, orgulhosa 
Mergulha no solo sem me dar atenção. 
Dona Minhoca metida 
Dê marcha ré, mesmo na contramão. 
Vem cá, eu peço. 
Quero lhe apresentar um minhoco 
Garboso e esperto.Bonito até, asseguro 
Morador de um vaso de antúrios, dentro da terra profunda. 
Parece a todo momento dançar a dança do ventre 
Já tem fama de bom bailarino. 
Vem cá, sua bobona !
 Bons partidos assim não são fáceis de encontrar. 
Quem sabe... 
No futuro, talvez 
Ele até peça sua mão.

Teresinha Oliveira.

Para ♥ Lyli e Nunu ♥
Minhas mais ricas rimas.
Amor que aduba meu chão.

7 comentários:

Ana Cecília disse...

Ouhnnn, impossível não ficar enternecida com a homenagem! Não sei quanto à Manu, mas a pequena daqui irá adorar a imagem e o poeminha. Tem até 2 minhocas de estimação, Kate e Lindinha, com direito a potinho refrigerado e etiquetas com os nomes.
Agora, vamos combinar, haja imaginação para produzir poema sobre o enamoramento das minhocas... rs
Criatividade é tu-do.

Beijo.

Elem Rosa disse...

Que coisa linda!
Adoro seu estilo.
Quando eu era criança passava horas no jardim da minha mãe, ela cuidava das plantas e eu fuçava a terra procurando minhocas e formigas.
Muito bom ler você.
Beijo.

Teresinha Oliveira disse...

Obrigada,Ciça e Elem. É muito bom ter "amiguinhas" como vocês. Beijos.

Ana SS disse...

Que graça!

Lembra-me canção infantil

minhoca, minhoca, me dá uma beijoca..

Teresinha Oliveira disse...

Ana SS.
♫ ♪ "Minhoco, minhoco, você tá ficando louco... blá,blá,blá...a boca é do outro lado." ♪ ♫
Muito bom :•)

Teresinha Oliveira disse...

Cecília, lembro-me quando ela ganhou três pintinhos e os batizou:
Número 1, Número 2 e Neném.
Nunca entendi, mas...
Ah! Esqueceu da formiga de estimação? A "Trabalhadeira"?
Essa garotinha é criativa demais. São os gens :•)

Teresinha Oliveira disse...

Elem, feliz da criança que brincava com terra e catava insetos. Sempre permanecem as boas lembranças.