quarta-feira, 14 de setembro de 2011

BLOG REMINISCENTIA - GUIMARÃES ROSA.

Cada vez que leio qualquer texto do Guimarães Rosa me reapaixono por ele.
Muito ....  o parágrafo dele que você colocou no seu Blog.
Não achei palavra para defini-lo, por isso os pontinhos. É bonito, claro que é. Mas bonito não o adjetiva, como interessante ou triste da mesma forma não.
Pode-se dizer que é muito Guimarães Rosa. Ele, na sua originalidade e talento para trançar nossa Língua se fez único.
Falar de saudade é difícil. Tantos tentaram e falharam! Alguns com o belo dom da tristeza fizeram poemas e contos em que a choram, e nos emocionaram com a sua dor de ausência.
Mas descrevê-la, simples e claramente como "um pensamento com cansaço", somente Guimarães Rosa se atreveria.


Tela de Bertha Wegmann - (1847/1926)
Pintora Suíça.

Teresinha Oliveira.

http://cecmoura.blogspot.com/

2 comentários:

Andressa C. disse...

Cada vez que leio qualquer texto do Guimarães Rosa me reapaixono por ele II


saudade é comigo!

Andressa C. disse...

Eu mato a saudade com lembrança. A lembrança me mata. Eu volto pra saudade.