sábado, 3 de setembro de 2011

O QUE OU QUEM ?

Não sei o que ou quem
Ou se há qualquer coisa que rompa
-Nesse mundo de Deus grande
Tão grande que nele vivo perdida-
Essa esfera que me cercou
E dentro dela amarra esse ser que não sou.

O que ou quem
Me devolverá o riso fácil que sempre foi meu
As esmeraldas do meu olhar, o paladar da noite
O orgasmo cósmico do viver?

O que ou quem
Me abrirá os portais dos dias novos
Com mãos cheias de sol e lua a agitar os lencóis
Para me despertar outra?

O que ou quem
Me reconciliará com a fé, com os santos
Com a esperança para esperar, o gosto do espelho
O prazer de desejar?

O que ou quem
Me fará, no revés de mim, me encontrar?


Tela de  Wladislaw Theodor Benda - (1873/1948)
Pintor Polonês.

Teresinha Oliveira / 1996


2 comentários:

Andressa C. disse...

O que ou quem
Me fará, no revés de mim, me encontrar?

Andressa C. disse...

Adoro os poloneses.