segunda-feira, 4 de abril de 2011

CABANA DA SERRA.


Escrever poesia por aqui
Nessa tarde de outono, sem pressa
Com brocado de folhas a meus pés
Torna doce a sombra
Da tristeza de não te esperar.

Ilustração de Vladimir Dunjic.
Teresinha de Oliveira.

3 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

O outono é uma estação querida pela sua beleza, e no Brasil põe fim ao calor intenso que faz.
Ao mesmo tempo que dá prazer aos banhistas, destrói com as enchentes.
Belos versos, Teresinha.

Carinho,
Jorge

Andressa disse...

A tristeza de não ter que esperar pode ser pela alegria da chegada.

Andradarte disse...

....e a esperança renascer...
Abraço