sexta-feira, 15 de abril de 2011

DIA DO QUE? DO BEIJO.

Esse povo inventa cada coisa...Tem Dia das Mães, para desencalhar o estoque do Natal. Dia dos Pais, eles também merecem e as lojas de produtos masculinos idem. Dia do Zumbi, quem foi mesmo? Dia de São Pedro, São João... Aí tudo bem, porque todo mundo gosta de festa junina, única temporada do ano onde se bebe quentão e a comilança típica corre farta e variada. Cocada e paçoca tem por todo lado, mas bolo de aipim? Bem feitinho, saboroso, só de encontra por lá. Sem falar nas crianças, lindas como  caipiras ricaças a dançar quadrilha para os pais e avós, que registram os desengonçados rebentos com o que há de mais moderno na eletrônica mundial.
Tem Dia dos Avós lá pelo meio do ano, Dia da Mulher, do Homem acho que ainda não inventaram. Dia da Criança, esse é legal porque a casa vira uma festa quase Natal. 
Dia do Médico, da Secretária, se tem do Médico deve ter o do Dentista, do Enfermeiro e outros afins.
Dia do Professor! Desse quase esqueci. Erro imperdoável, porque é feriado nas escolas e a meninada adora. Se as mães não gostam e se descabelam é outra conversa que aqui não cabe.
Dia do Amigo, esse está estalando de novo e só descobri ao receber alguns telefonemas dos mesmos me felicitando. O porquê, ainda não descobri, mas já eliminei alguns da minha lista: os que ligaram justamente no momento da primeira garfada do almoço, na hora do banho ou na última cena do filme - o
bonitão se declara à dona da doceria ou parte da cidade sozinho?
O pior é que se alongavam no carinho:
-Tá,muito obrigada. Você também é um amigão. E blá-blá-blá. E toca o celular. E mais blá-blá-blá...
Pensei se não era o momento certo para pedir as 500 pratas emprestadas que estou precisando para cobrir o cartão de crédito, mas amarelei.
Agora surgiu esse nova invencionice, o Dia do Beijo! Como funciona isso? Saindo por aí beijando todo mundo ou só os mais próximos? O sujeito a ser beijado pode recusar a homenagem ou tem que aceitá-la passivamente? Se assim o for, empenho  meu total apoio.
Dá licença, estou indo...Onde? Ora, vou comemorar com o Orlando Bloom, com o Johnny Depp, com o Santoro ...
Sapinho tem cura?

Teresinha Oliveira.





Um comentário:

Andressa disse...

Quem não beijou no dia do beijo levanta a mão!