segunda-feira, 25 de julho de 2011

BORDADO EM CRUZ

Espalhei toalhinhas bordadas em cruzes
Sobre móveis, sob vasos
Combinando cores de linhas e flores.

Pus-me a imaginar
Os pensamentos que voaram através dos dedos
Da gentil bordadeira
Nas encruzilhadas da agulha.

Tela de Edmund Blair Leighton - (1852/1922)
Pintor Inglês

Teresinha Oliveira

3 comentários:

JasonJr. disse...

Ela oscila (a caxôla) mas continua sempre sã e tranquila, sem as doideras ai sim ela não funciona direito! :D

Andressa disse...

que texto lindo!

e amo Leighton!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

se fosse eu vivente da cidade do Rio de Janeiro, diria que o poema foi feito para mim...