quarta-feira, 20 de julho de 2011

SALTO QUEBRADO.


Minha vida é um tango
Que chegou pelos ares lá da Argentina
No perfume de uma rosa sem cheiro
Numa camisa de homem amassada 
No vinho da taça, uva sem cor.

Ela baila sem pés
Com meu sapato de salto quebrado
Agarrando-me firme pela cintura
Enquanto desfaleço, tonta
Sob a perdição da dança.

Tela de Bill Brauer - Pintor americano contemporâneo.

Terê Oliva
http://tereoliva.blogspot.com.br

Um comentário:

Maria disse...

Lindo poema. Ao longo da vida dançamos diferentes danças, umas vezes valsas encantadoras em que parece flutuarmos no ar, outras não conseguimos simplesmente atinar com os passos certos. Sendo hoje o dia internacional da Amizade e do Amigo, passei especialmente para deixar um abraço bem apertadinho e um grande beijinho.
“A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” (Ralph Waldo Emerson)
Maria